Aeroporto Regional de Linhares recebe licença para ampliação

78

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) concedeu nesta terça-feira (7) a licença de instalação para ampliar o Aeroporto Regional de Linhares. A partir dessa documentação, o Governo do Estado solicitará autorização da Secretaria Nacional de Aviação Civil para iniciar a obra.

A previsão é de que a ampliação comece ainda este ano e deve custar cerca de R$ 30 milhões. Ela será realizada por meio de um convênio entre Governo Federal (que custeará 60% do valor) e o Governo do Estado (que custeará 40%). Quem executará as obras será o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo (DER-ES).
Ampliação

As obras de ampliação do Aeroporto Regional e Linhares incluem, dentre outros pontos, a construção de nova pista de pouso e decolagem (que passará de 1350mx30m para 1860x45m) e de uma nova pista de táxi para as aeronaves, ambas com sinalização luminosa.

A pista de táxi existente será melhorada, e o pátio das aeronaves ampliado. Essas intervenções permitirão que o aeroporto, que hoje opera com voos particulares, receba aeronaves de maior porte.
Voos

A ampliação do aeroporto regional atenderá a demanda de passageiros para voos regionais e executivos das Regiões Norte e Noroeste do Espírito Santo, e também servirá como alternativa para voos que pousariam na capital.
As obras, que já foram licitadas, irão melhorar a infraestrutura do Estado, contribuindo significativamente para o desenvolvimento regional e, consequentemente, para a geração de emprego e de renda para os capixabas.

Direto da redação: Rafael Ribeiro.