Concurso da Polícia Militar do ES pode sair em breve

67

De acordo com o governador do estado do Espirito Santo, Paulo Hartung, em entrevista ao programa da CBN, o edital para o novo Concurso PM ES deverá ser publicado em breve para os cargos de Soldado, Oficiais e Músico.

O certame oferecerá 200 vagas, mas não se sabe ainda a divisão entre os cargos ou a organizadora. Segundo a nova lei de promoção da carreira de praças e de oficiais administrativos das corporações, aprovada em julho, os concursos agora terão no máximo 350 vagas. Ou seja, não haverá mais certames como os anteriores que ofereciam mais de mil vagas e assim a corporação manterá uma rotina anual de concursos,  respeitando a capacidade máxima da academia de Polícia Militar.

Requisitos

  • Nível médio completo,
  • Altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens,
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B.
  • Ter entre 18 e 28 anos

O Último Concurso PM ES

O último certame ocorreu em 2014 e ofertou 1.623 vagas para Soldado, sendo 500 para cadastro reserva. O subsídio bruto após o curso de formação era de R$ 2.631,97. Para o cargo de Oficial, foram ofertadas 40 vagas imediatas com remuneração inicial de R$ 5.516,10 após cursos de formação.

Os dois editais tiveram como organizadora a Exatus Promotores de Eventos e Consultoria.

As Provas

Constituiu das etapas:

  1. prova objetiva e discursiva
  2. entrega de documentos
  3. exame de aptidão física
  4. exame psicotécnico
  5. investigação social
  6. exames de saúde
  7. curso de formação

A prova objetiva consistiu de 70 questões para Soldado e 80 questões para o cargo de Oficial nas seguintes disciplinas:

Para Soldado

  • Língua Portuguesa (40) e
  • Matemática (30),

Para Oficial

  • Língua Portuguesa
  • Matemática,
  • História,
  • Geografia,
  • Filosofia,
  • Sociologia,
  • Química,
  • Física,
  • Biologia,
  • Literatura,
  • Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol),
  • Artes,
  • Educação Física,
  • Tecnologias da Informação e Comunicação.

Direto da redação: Rafael Ribeiro.