Possível mãe de abandonar recém-nascida em Nova Venécia se apresenta a Polícia

843

Se apresentou na manhã desta quarta-feira (10) na delegacia de Nova Venécia, a suspeita de ser mãe de uma recém-nascida abandonada na cidade, na noite do último sábado (06). Durante toda a manhã, a suspeita prestou depoimento. Ainda segundo informações, ela foi encaminhada para fazer o teste do DNA para confirmar se realmente é a mãe. A Polícia Civil confirmou a presença da suspeita. Mais informações não foram passadas para não atrapalhar a investigação.

O Crime.

Uma mulher estava passando na rua Rio Novo, no bairro Margateth, por volta das 19h deste sábado (06) e escultou o choro de uma criança, até que encontrou a recém-nascida sozinha no mato. A criança estava coberta com um pano branco e aparentemente bem cuidada.

O Conselho Tutelar de Nova Venécia, junto com a Polícia Militar, foram acionados para atender a ocorrência. A recém-nascida estava com o cordão umbilical amarrado por um fio dental. Ainda, o Conselho informou que a criança teria nascido há cerca de três dias antes do abandono e a menina correu risco de vida, pois poderia existir animais peçonhentos na região. Mas, graças a Deus, nada aconteceu.

Foto: Silvana amamentando o bebê.

O mais incrível dessa história: uma mulher se prontificou a amamentar a criança que aparentava estar com fome. Silvana Lemos Barbosa, de 27 anos, amentou a criança por cerca de 20 minutos. “O meu coração falou para eu amamentar. Rapidinho ela conseguiu sugar o leite”, contou ela. Silvana falou ainda, que após a criança ser amamentada, ela dormiu.

A recém-nascida foi encaminhada para o hospital São Marcos, que fica na cidade, e posteriormente, foi encaminhada para o Hospital Maternidade, em São Mateus. Não foi constatado nada grave até o momento. A criança tinha somente fome até o momento que foi amamentada.

Como já escrito no começo da reportagem, o caso segue sob investigação. Possivelmente, só aguardando o teste do DNA para a conclusão.

Direto da redação: Rafael Ribeiro.