Carro explode durante abastecimento em posto

Um carro explodiu durante abastecimento com Gás Natural Veicular (GNV) nesta quinta-feira (11) deixou duas pessoas gravemente feridas em São Pedro da Aldeia (RJ), na Região dos Lagos. O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que foi acionado por volta das 12h. As vítimas foram encaminhadas para o […]

Carro explode durante abastecimento em posto

Um carro explodiu durante abastecimento com Gás Natural Veicular (GNV) nesta quinta-feira (11) deixou duas pessoas gravemente feridas em São Pedro da Aldeia (RJ), na Região dos Lagos. O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que foi acionado por volta das 12h. As vítimas foram encaminhadas para o pronto-socorro do município.

O carro ficou completamente destruído. A estrutura do posto de combustíveis também sofreu danos severos. As informações são da Agência Brasil.
Segundo o Corpo de Bombeiros, uma das vítimas é o dono do veículo, de 28 anos. Ele sofreu laceração de crânio e rosto. O outro, um frentista de 21 anos, teve as duas pernas amputadas. Ambos estão internados.

De acordo com a prefeitura de São Pedro da Aldeia, a Guarda Civil Municipal e a Defesa Civil realizaram o isolamento do perímetro após a explosão. Uma perícia para apurar as causas do acidente está sendo realizada pela Polícia Civil.

Esta é a segunda ocorrência similar em pouco mais de duas semanas no estado do Rio de Janeiro. Em 26 de julho, outro carro explodiu enquanto estava sendo abastecido com GNV em um posto de combustíveis na zona norte da capital fluminense, deixando uma mulher ferida e causando a morte de um homem.

Foto: Markel Redondo/Getty Images

Procurada pela Agência Brasil, a concessionária Naturgy informou que é responsável apenas pelo fornecimento do GNV. A fiscalização das instalações de postos de combustíveis é atribuição da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), órgão regulatório vinculado ao Ministério de Minas e Energia (MME). No caso do GNV, há um limite de pressão máxima de abastecimento. O descumprimento pode levar à autuação do posto.

Por outro lado, a ANP não tem atribuição legal para atuar caso a explosão esteja relacionada com a má conservação, instalação ou manutenção do kit GNV do veículo. As oficinas que realizam o serviço precisam ser credenciadas pelo Inmetro, autarquia federal vinculado ao Ministério da Economia. É possível consultar pela internet a lista de estabelecimentos regulares.

Segundo a orientação do Inmetro, o kit GNV deve passar por uma manutenção anual. A não realização do serviço ou sua realização em oficinas não credenciadas aumentam os riscos de uma explosão.

Também é recomendado que, durante os abastecimentos, motoristas e passageiros saiam do carro e se posicionem à sua frente. Veículos que estiverem aguardando atendimento devem ser mantidos a uma distância segura daqueles que estiverem sendo abastecidos.